sexta-feira, 9 de abril de 2010

Temos mesmo que "sobreviver"...

E aqui vai mais um pouquinho da minha história...

Algum tempo depois de eu ter perdido a minha sementinha (pois porque de início eu não queria nem pensar no que tinha acontecido), comecei a pesquisar na net sobre o assunto. Lia (e leio) tudo o que me aparecia à frente, devorava fóruns e blogs de pessoas a quem tinha acontecido o mesmo... De certa forma isso ajudou-me a ultrapassar essa fase menos boa e a entender que não estou sozinha no mundo e que existem muitas mais pessoas como eu, que muitas vezes sofrem caladas e, pior que isso, sozinhas...

É realmente maravilhoso sentirmo-nos entendidas e sabermos que as pessoas sabem mesmo do que estamos a falar por já terem passado pelo mesmo ou por algo semelhante, sabendo no fundo que o que nos dizem não são apenas palavras vazias...

Ontem decidi registar-me num desses fóruns que encontrei e realmente aquilo mais parece uma família gigante, com imensas pessoas para nos apoiarem... Há pouco encontrei lá um artigo bem interessante sobre como "sobreviver" a um aborto e queria partilhá-lo aqui (quem sabe o meu blog um dia destes também não ajuda alguém a ultrapassar uma fase má como a que eu vivi...)

Aqui vai o link:

2 comentários:

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

Seio o que sentes... já passei 4 cezes por isso...

:(

Tany disse...

Ola gaspas, posso-te mandar um mail? Gostava de falar contigo se não te importares*