quinta-feira, 31 de maio de 2012

E da ida às urgências...

Ontem lá fomos outra vez às urgências para avaliar aqui a situação do piolho e ver se teríamos que induzir o parto.

Felizmente não foi preciso e ele pode cá ficar mais uns dias a ver se engorda.

O CTG estava óptimo segundo a Dra que me atendeu, disse que o líquido amniótico também estava normal para o tempo de gestação e que o peso aproximado do Martim (mas frisou que é aproximado) é de 2,800kg. E ainda me disse para não me preocupar nada com isso porque cá fora é que ele vai engordar.

Quanto ao colo do útero continua permeável, mas desta vez a 1 dedo. 

Parece que já se está aqui a fazer qualquer coisa...!

terça-feira, 29 de maio de 2012

E o selinho...




Este (que eu me tenha dado conta) recebi-o de 3 pessoas: Alminhas, Sara e Valsita (se houver por aí mais alguém que mo tenha passado avise).

E as regras são muito simples:

Colocar o link de quem o ofereceu;
Colocar o selo no blogue;
Escolher 5 blogues com menos de 200 seguidores para oferecer o selinho;
Deixar um comentário a avisar que estão a deixar o selinho.
E as felizes contempladas são: Lia, Ana Maldivas, Lice, Claudia, Sandra 
(caso já o tenham recebido peço desculpa pelo meu atraso)

Primeiro desafio...

Este veio da Sara e é assim:

Relatar onze factos sobre mim:
1 Sou super perfeccionista
2 Sou desarrumada, mas é assim que me entendo e encontro sempre tudo o que quero
3 Nasci na Alemanha e vivi lá quase 10 anos
4 Tenho mais dentes chumbados do que intactos
5 Adoro animais do fundo do meu coração
6 Tenho uma tatuagem e intenção de fazer pelo menos mais uma
7 Usava piercing no umbigo (vamos la ver se vou conseguir usa-lo outra vez depois do Martim nascer)
8 Não gosto de receitas em que é preciso mexer alguma coisa durante muito tempo
9 Saio de casa sempre em cima da hora
10 Esta é a minha 3ª gravidez e ainda não tenho filhos (vivos)
11 Se fosse rica recolhia todos os animais abandonados e tratava deles

Responder a onze perguntas feitas pela pessoa que passou o desafio:
Um. A viagem da tua vida.
          Dar a volta ao mundo.
Dois. Aquele sítio especial onde te sentes plena e tranquila.
          Nunca pensei nisso, mas gosto de estar na praia.
Três. Lápis ou caneta?
          Lápis.
Quatro. “The Walking Dead”, ou “Modern Family”?
          Nenhum dos dois.
Cinco. Livro ou revista?
          Livro.
Seis. Yoga ou Bungee Jumping?
          Yoga (sou muito medrosa para Bungee Jumping)
Sete. Apple ou PC?
          PC
Oito. Se fosses um par de sapatos, como serias?
          O mais confortável possível
Nove. Passeio em Nova Iorque ou praia nas Maldivas?
          Não podem ser os dois? Adoro lugares paradisíacos, mas também gostava de conhecer Nova Iorque.
Dez. Hi5 ou Facebook?
          Facebook
Onze. O que queres ser quando fores grande?
         Acho que já não devo crescer mais, mas quando era pequena costumava dizer que quando fosse "grande" seria varredora de rua (também não sei porquê).

Fazer onze perguntas às pessoas a quem vou passar o desafio:
1 Doce ou salgado?
2 Profissão de sonho
3 Praia ou montanha?
4 Último livro lido
5 Qual o maior medo?
6 Música do momento
7 Saltos altos ou sapatilhas?
8 Série ou programa de TV preferido
9 Água ou refrigerante?
10 Cor preferida
11 Se ganhasses no Euromilhões o que farias?

E o desafio vai para: Sónia, Dina, Mamã da Maria, Ana Maldivas, Lice, Rita
(se por acaso não quiserem fazer por ser repetido estão mais que à vontade!) 


E vamos aos desafios!

Já há imenso tempo que ando a ganhar selinhos e que me propõem desafios... e eu desnaturada e sempre com falta de tempo não tenho feito nada de nada! 

Vá, já criei um selinho meu, mas agora já não me lembro para qual dos desafios era, nem quando foi isso!

Bom, até agora só encontrei dois dos que me deram, por isso se mais alguém se lembrar de me ter dado selinhos ou proposto algum desafio que avise, pode ser? E se fosse com o link do dia em que publicaram o post seria ainda melhor...

Amanhã lá vamos outra vez...

E já começo a ficar nervosa só de pensar que vou voltar às urgências e há de novo a possibilidade de induzirem o parto!

Ai que ainda me vai dar uma coisinha um dia destes...

Esperemos que esteja tudo bem e que o Martim possa nascer quando lhe apetecer a ele!

Ás 38 semanas...

Eu estou assim...


A barriga: 109,5 cm (isso é que foi crescer!)

O peso: 76 kg (é melhor nem comentar!)

Os sintomas: Para além de todos os desconfortos comuns normais desta altura, como as idas constantes à casa de banho, não conseguir dormir bem, sentir-me cansada com facilidade, entre outros, tenho os pés numa lástima. Eles incham tanto que só de os mexer já me dói e a única coisa que os faz voltar mais ou menos ao normal é estar deitada com eles bem levantados (mesmo assim ainda não me cansei de estar grávida!). O inchaço normalmente é pior no pé direito, de tal maneira que se eu cruzar o outro por cima fica mesmo uma cavidade no pé, como se faltasse ali um pedaço! Além disso tenho aqui mais umas mini-estrias de lado na barriga e cada vez mais sinto a barriga rija e já começa a vir acompanhado de alguma dor (mas ainda muito suportável!).

O bebé está assim...

Imagem e informações retiradas daqui.

O desenvolvimento: Agora o bebé já consegue segurar com força, caso tenha alguma coisa na mão. Se ele nascer de olhos castanhos eles devem manter-se dessa cor. Se os olhos à nascença forem cinza ou azuis podem ficar castanhos, verdes ou azuis durante o seu primeiro ano de vida. Os órgãos e sistemas do bebé estão completamente desenvolvidos, mas os pulmões são os últimos a amadurecer por completo, sendo possível que depois de nascer o bebé ainda demore algumas horas até conseguir ter um ritmo normal de respiração. Quanto ao tamanho, continua a ser o de uma melancia.

sexta-feira, 25 de maio de 2012

E hoje...

Estou cá com umas moinhas no fundo da barriga... e volta e meia fico com a barriga duuura!

Deve ser a "deixa" para eu sair da frente do computador e ir fazer qualquer coisinha!

E para os mais curiosos...

E também para quem ainda não sabe, pois entretanto algumas pessoas que me seguem já sabiam...

Aqui fica o nome do nosso mais que tudo:




Da ida ao Serviço de Urgência...

Ontem lá fui, mais que nervosa ao Serviço de Urgência ter com a minha Dra para avaliarmos a situação.

Já estava nervosa a pensar em ir à tarde e fiquei ainda pior quando a minha mãe se lembrou que bem podíamos ir de manhã. Imaginem só a minha aflição. pelo caminho lá me acalmei e cheguei ao hospital um pouco mais tranquila.

Quando finalmente fui atendida (o que até nem demorou tanto assim) lá me mediram a tensão arterial (a alta estava praticamente no limite, o que devia ainda ser dos nervos), mandaram-me fazer xixi para um copinho (e que grande malabarismo que tive que fazer) e lá me examinaram. Pelo toque a Dra disse que o colo já estava um pouco mole, mas que ainda não estava a acontecer nada relacionado com o parto, de qualquer forma ela acha que não devo chegar às 40 semanas.

Depois de tudo ainda fiz o CTG. Os batimentos cardíacos do pequeno estavam óptimos e já havia registo de alguma contractibilidade segundo a médica, mas nada muito forte (até porque não sinto dores nenhumas ainda, só a barriga muito dura com bastante frequência). Ela disse que não deve ser para já, mas para também não andar com medo agarrada à barriga para evitar, se nascesse agora já estava em perfeitas condições.

E na próxima semana voltamos lá para reavaliar (o que me assustou foi quando ela disse à colega que lá vai estar para depois ver se está tudo bem e para induzir se fosse o caso - mas disse-me que isso não quer dizer que seja mesmo induzido, pode até nem ser - já me deixou aflita outra vez, mas não há-de ser nada!).

terça-feira, 22 de maio de 2012

Ás 37 semanas...

Eu estou assim...


A barriga: 107,5 cm

O peso: 74,5 kg (ai que não sei onde isto vai parar!)

Os sintomas: Desde que ando a tomar o granulado que a médica me receitou sinto-me bem melhor da obstipação, nem se compara! Já começo a ter alguma dificuldade em enquadrar a barriga nas fotos, tendo que tirar várias para que ela saia toda por inteiro. Além disso já começo a andar inchada, um pouco nas mãos (já tive que tirar a aliança há coisa de 2 semanas, num dia em que acordei cheia de dores no dedo de tão apertada que estava) e os pés esta semana também me começaram a inchar, num dia em que fez realmente muito calor. Tenho também acordado muitas vezes de noite, mesmo que não seja para ir à casa de banho e de manhã quando me levanto parece que estou ainda mais cansada do que quando me deitei, mas mesmo assim continuo a adorar este estado de graça! Também já deixei de tomar o Magnésio, a ver se a coisa agora leva andamento...

O bebé está assim...

Imagem e informações retiradas daqui.

O desenvolvimento: O bebé tanto poderá já ser cabeludo, com fios de cabelo de até 2,5cm ou totalmente careca e na maioria dos casos a cabeça do bebé já está encaixada na cavidade pélvica. Além disso, a maior parte da camada de pelo fininho que cobria o seu corpo, tal como o vernix, já desapareceram. O tamanho dele continua a ser o de uma melancia (e parece-me que não irá alterar muito até ao final da gravidez).

quinta-feira, 17 de maio de 2012

E venha mais uma eco...

A de hoje foi feita por uma Dra estagiária super simpática e sempre acompanhada de uma Dra mais experiente (da qual só ouço falar maravilhas).

Acho que nunca vi um relatório tão pormenorizado e é isso que se quer!

Conclusão: parece que o piqueno agora está no percentil 25, o que não é nada preocupante segundo a Dra que me fez a eco. Diz ela que ele deve nascer com aproximadamente 2,800kg ou 2,900kg (nada mau!). Além disso, as medições do líquido amniótico estavam a dar outra vez um pouco baixas, mas depois a Dra lá encontrou uma bolsa maior de líquido e diz então que a quantidade está adequada à idade gestacional, para eu não me preocupar e falar com a minha médica só na semana que vem como estava combinado.

Um verdadeiro alívio para um coração de mãe!

E o mais engraçado é que vimos lá o material todo do rapaz, mas como foi em 2D aquilo parecia um verdadeiro cogumelo! Até a avó se começou a rir. Só não nos deixou foi ver a carita e isso em 3D, por estar sempre com o bracito à frente!

terça-feira, 15 de maio de 2012

E voltando a falar de peso...

Bem digo eu que a balança do centro de saúde anda doidinha!

Na consulta de ontem acusou apenas 500gr a mais do que há um mês atrás... já deve ter voltado ao que era! E ainda bem que assim não ouvi raspanete! Ou seja segundo a balança de lá agora peso 73kg (o que não foge muito à cá de casa, tirando o facto de que lá me peso de roupa depois de tomar o pequeno almoço... enfim!

O que não me agradou mesmo nada foi terem detectado leucócitos na urina, ou seja toca a fazer análise à urina a ver se é alguma coisa. Na 5ª ou 6ª tenho que ir buscar o resultado e se acusar alguma coisa é para ir ter com a Dra na 2ª para fazer o tratamento, caso contrário ficámos com consulta marcada para dia 28.

Ás 36 semanas...

Eu estou assim...


A barriga: 106,5 cm

O peso: 73,3 kg

Os sintomas: Esta semana apareceu-me mais uma estria de lado na barriga. No total já contamos com quatro e a que tenho na cicatriz já está enorme e parece que estão a começar a aparecer pequeninas à vota! A ver vamos onde isto vai parar! Além disso sinto falta de ar com alguma frequência, o que só passa com alguma respiração profunda. O que também é cada vez mais frequente são as minhas idas nocturnas à casa de banho, o que acontece pelo menos 2 vezes por noite. A obstipação também me continua a dar que fazer (a ver se compro logo o remédio que a médica me receitou a ver se ajuda) e sinto a barriga rija cada vez mais vezes.

O bebé está assim...

Imagem e informações retiradas daqui.

O desenvolvimento: Nesta altura o bebé começa a perder os pelos que cobrem o seu corpo e o vernix que protegia a pele dele, o que ele irá engolir e mais tarde expulsar no mecónio (o seu primeiro cocó). A cabeça dele (caso ele esteja virado para baixo - o que felizmente é o nosso caso) vai começar a descer aos poucos em direcção á bacia da mãe. Nesta altura ele continua do tamanho de uma melancia.

domingo, 13 de maio de 2012

Ai ai...


Estamos tão perto!!!

terça-feira, 8 de maio de 2012

Ás 35 semanas...

Eu estou assim...


A barriga: 105,5 cm

O peso: 72,5 kg

Os sintomas: Ai as dores de costas que agora não me largam por nada! Já nem sei como hei-de estar, principalmente quando estou deitada. Também noto que me canso com muito mais facilidade, basta subir a escada aqui em casa que chego ao andar de cima completamente sem fôlego. Volta e meia sinto também umas fisgadas na barriga, tipo dores menstruais, mas como passado um tempo passa, nem me preocupei com isso ainda. (Reparem ali no pormenor do meu umbigo saltado!)

O bebé está assim...
Imagem e informações retiradas daqui.

O desenvolvimento: A quantidade de líquido amniótico chegou ao máximo e a partir de agora começa a diminuir. O bebé vai passar as próximas semanas a ganhar peso, aproximadamente 28gr por dia. Os dois rins do bebé também já estão totalmente desenvolvidos e o fígado já consegue processar substâncias de que o corpo não vai precisar. E o tamanho dele continua a ser parecido ao de uma melancia.

Da eco e da consulta

Na 6ª de manhã lá fomos fazer a eco de controle, para vermos o desenvolvimento do pequenote. 

A médica não foi das mais simpáticas, mas ao menos o miúdo engordou 600gr em 2 semanas, o que não acho nada mau (eu que sou leiga nestes assuntos).

O relatório, segundo a médica que me segue no Hospital, não é muito específico, pois apenas refere que o crescimento global dele está abaixo do percentil 50. Além disso refere também oligoâmnios a vigiar (líquido amniótico a menos!) - quando vi isto no dia da eco pedi logo para falar com a minha médica, que por sorte andava a fazer a visita e conseguiu vir falar comigo. Disse para eu continuar a fazer o repouso e beber bastante água, pois há quem defenda que ajude! E que íamos ter que continuar a vigiar.

Hoje a consulta foi bem engraçada, pois foi um médico estagiário a fazer-me toque e a fazer a colheita para a análise do Streptococcus B. Deviam de ter visto, o rapaz estava mais nervoso que eu e só tremia, o que eu fiz para não me rir, coitado!

A Dra lá aproveitou para fazer nova eco e vermos como estavam as coisas. O líquido parece que aumentou um pouco, mas ela não conseguiu medir muito bem a barriguita do rapaz, então ficámos sem saber se ele está a desenvolver bem ou não. 

Conclusão: nova eco marcada para a próxima semana, a ver se esclarecemos finalmente em que percentil é que ele está e se o líquido amniótico está ou não em quantidade suficiente. Se houver alguma alteração disse para ir falar com ela nesse mesmo dia! Além disso também já marcou comigo para ir ter com ela à urgência no dia 23 (daqui a 2 semanas) para avaliarmos a situação e disse para eu ir preparada - ia-me dando uma coisinha! Depois lá me disse que se tiver tudo bem não é preciso, mas que se ele continuar muito magrinho ou se tiver mesmo com pouco liquido que mais valia ele nascer do que continuar cá dentro, que estando "madurinho" não faz mal nenhum ele sair às 37 semanas! E marcou-me também consulta para dia 5 de Junho - a ver vamos se lá chego!

E pronto... assim começam a aparecer os nervos e a ansiedade no que diz respeito ao parto e à hora em que finalmente vamos conhecer o pimpolho!


segunda-feira, 7 de maio de 2012

Mas o que é isto???

Uma pessoa está um mês sem vir cá e já ninguém se entende com isto que está tudo mudado e diferente!

Vamos lá ver se consigo fazer as actualizações e deixar tudo direitinho...

terça-feira, 1 de maio de 2012

Ás 34 semanas...

Eu estou assim...


A barriga: 105 cm

O peso: 72 kg

Os sintomas: Agora acordo com bastante frequência durante a noite cheia de cãimbras, já aconteceu até não conseguir que parasse nem quando puxava o pé para cima. Espero que não seja sempre assim. Além disso volta e meia tenho insónias, mas daquelas de estar 3 horas acordada a virar-me de um lado para o outro, ou de aproveitar e ver logo 3 programas de televisão seguidos. O obstipação também não me tem facilitado a vida. Há dias só via sangue, e que rico susto que apanhei!

O bebé está assim...

Imagem e informações retiradas daqui.

 O desenvolvimento: As camadas de gordura do bebé estão a aumentar e serão necessárias para regular a sua temperatura após o parto. Os pulmões também estão bem desenvolvidos e cerca de 99% dos bebés que nascem nesta altura sobrevivem e a maioria não tem problemas a longo prazo. A audição também já está completamente desenvolvida e o seu tamanho continua a ser o de uma melancia.