sábado, 31 de março de 2012

Será que foi por ter tocado no assunto...

Andei a pesquisar na internet e li que os bebés se podem virar de cabeça para baixo com bastante facilidade até às 35 semanas, sendo que depois disso também não é impossível, mas é mais difícil. É que como a Dra na última consulta privada me disse que aqui em Portugal não se faz aquela manobra em que o Dr tenta virar o bebé com uma espécie de massagem na barriga (nem sei bem o nome disso) fiquei logo a pensar no assunto!

E não é que no Domingo passado senti um movimento estranho na minha barriga, como se tivesse esticado muito mesmo do lado esquerdo, formando ali uma bola e esticando a minha pele toda. Foi uma sensação engraçada que aconteceu duas vezes, na última das quais até dei um gritinho e uma espécie de salto, pela impressão que me causou! E é certo que desde então sinto os movimentos e pontapés do pequenito mais cá em cima, quase sempre na zona do umbigo ou acima deste, o que até então não costumava acontecer (costumava sentir mais na parte da baixo da barriga!

Ninguém me tira da cabeça que aquilo que senti poderá ter sido o pequenito a virar-se e agora o que sinto mais cá em cima são as pernocas e bracinhos dele!

3 comentários:

Sara disse...

É bem possível. Quando a Bárbara virou eu tive uma enoooorme contracção.
:)

Em busca do sonho disse...

O Rafa não deu a volta sozinho, foi preciso vira-lo e essa manobra chama-se versão cefálica externa. Não custa nada, não doi nada e comigo foi super-rapido!

Ao fazer esta manobra não quer dizer que depois eles não tornem a virar, mas fica mais dificil. Eu fiz com 36 semanas. Podes ver aqui: http://sonharpositivo.blogspot.pt/2011/01/versao-externa-cabeca-para-baixo-pernas.html

bjinhos nossos

biaecompanhia disse...

Olá, primeira vez que comento, parabéns pelo bebé que aí vem. Parece pelo que diz que o bebé deu a volta. Quanto à prática de tentar virar o bebé, cá em portugal também se faz. A minha bebé estava sentada no final(1 semana antes de concluir as 40semanas) e tentaram fazer essa "versão externa" (julgo que seja esse o método/nome). No meu caso a moça não quis dar a volta e tive mesmo que seguir para a cesariana.
biaecompanhia.blogs.sapo.pt
Tudo a correr bem e beijinhos