sexta-feira, 5 de novembro de 2010

De voltas trocadas

Começo a achar que não adianta mesmo fazer grandes planos.

Sempre que penso e tenho a intenção de fazer alguma coisa cá em casa num determinado dia acontece alguma coisa... ou é o meu pai que me pede para lhe fazer ou resolver algum assunto com ele, ou a minha mãe que me chama para fazer alguma coisa, ou, bem pior que isso, pedirem-me à noite para ir trabalhar logo de manhã no dia a seguir.

Hoje, mais uma vez, foi um dia assim. Tinha pensado em começar a adiantar as arrumações cá em casa para ficar com o fim-de-semana mais livre e ontem quando cheguei ao trabalho às 18h pediram para eu ir trabalhar hoje às 9h30. O mau disto tudo é que fico sem espaço de manobra, uma vez que saio do trabalho às 22h! Então hoje foi um dia daqueles... antes de sair de casa ainda estendi uma máquina de roupa e lá fui eu trabalhar até quase às 14h. Depois fui almoçar com o maridão, depositar uns cheques, comprar umas coisas que me faltavam cá em casa, vir num instantinho a casa buscar as coisas e preparar tudo para as aulas. Às 16h já estava na escola a dar a minha primeira aula e às 18h de volta à Escola de Línguas até às 21h (ainda bem que à 6ª saio um pouco mais cedo)!

Ainda bem que isto não acontece sempre, pois era bem capaz de dar em doida se assim fosse!

Sem comentários: