terça-feira, 5 de abril de 2011

E ainda hoje...

... me vieram perguntar como estavam os meus bebés.

E a única resposta que tenho para dar é que não estão...

Vi o desespero na cara da Sra, que ficou sem saber o que fazer, nem dizer e me pediu desculpa umas três vezes.

Mas a culpa não é dela e não tenho que culpar ninguém por me perguntar pelos meus bebés...

Ainda lhe sorri e disse que não havia problema... e noto que apesar de toda a tristeza cada vez se torna menos difícil falar no assunto!

2 comentários:

Pipa disse...

É complicado...
As pessoas falam com boas intenções, querem ser simpáticas...
Mas é também uma boa forma de reagires e aos poucos consegues lidar melhor com o que se passou.

Su disse...

O tempo cura tudo... irão ficar apenas as boas recordações e podes ter a certeza que eles estarão sempre no teu coração :)