sábado, 1 de junho de 2013

O tempo passa... e ele continua a crescer!

E mau era se assim não fosse...

Agora, além de se por de pé, já sabe voltar a sentar-se sem que a gente tenha que lá ir, e faz isso muito bem (à maneira dele, é claro!).

De manhã é sempre a mesma coisa... choraminga, eu passo-o para a nossa cama. Umas vezes adormece, outras põe-se logo de pé na cabeceira da cama e lá fica ele maravilhado a olhar para a parede e o tecto e para nós. Larga as mãozinhas e senta-se, volta a por-se de pé, volta a sentar-se... e assim está até se lembrar que quer passar por cima de nós para chegar às coisas que estão em cima das mesas de cabeceira. Aí a brincadeira acaba!

Outra grande novidade foi o aparecimento do 1º dentinho. Sim, só agora! E foi aos 11 meses e 11 dias (não é giro?!). Ou seja, na noite de 26 para 27 de Maio ele de repente começou a chorar como nunca tinha chorado. Um choro intenso e cheio de dor. Nem o colo o acalmou, nem estar deitado na nossa cama, nem miminhos e nem festinhas na barriga. Quem já começava a desesperar era eu... só se acalmou quando lhe dei de mamar (bendita amamentação!) e lá adormeceu até de manhã. E ao brincar com o papá e dar a trinquinha do costume no nariz dele ouvi um "Ai, tem ali qualquer coisa a picar!". Era ele, o primeiro dentinho. O pior é que agora vem tudo seguido e ele já anda aflitinho com outro, mas lá teremos que passar por isso...

Sem comentários: