sábado, 23 de julho de 2011

E por falar em amor incontrolável aos animais...

É tão lindo quando ele está a dormir ao meu colo e a sonhar e de repente começa a fazer uns movimentos com a boca como se tivesse a mamar ou então a abanar o rabo todo feliz como aconteceu há dias...

E eu fico a olhar para ele a rir-me sozinha... (devia era ter a máquina sempre comigo a ver se capto esses momentos inéditos).

Sem comentários: